O Aeroporto de Cajazeiras, no Sertão paraibano, já pode receber pousos e decolagens também à noite. O sistema de iluminação noturna do equipamento foi homologado pela Agência Nacional da Aviação Civil (Anac), atestando o cumprimento de todos os requisitos de segurança para voos e decolagens. As operações noturnas do Aeroporto de Cajazeiras, inaugurado pelo Governo do Estado em 2016, vão proporcionar ainda mais condições de desenvolvimento para a região, a exemplo do aumento no fluxo de turistas e instalação de novas empresas, gerando emprego e renda.

O Governo do Estado já investiu mais de R$ 2,7 milhões por meio Departamento de Estradas de Rodagem e Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan),  contemplando a reforma dos terminais de Itaporanga, Catolé do Rocha, Sousa e Monteiro, que teve ainda a pista reformada. As medidas fazem parte de um esforço concentrado para regularizar o sítio aeronáutico da Paraíba, fortalecendo ainda mais a infraestrutura do Estado para investimentos.

Para o tenente-coronel Anderson Pessoa, chefe da Casa Militar do Governador, o funcionamento do Aeroporto de Cajazeiras fortalece ainda mais a estrutura aeroportuária do Estado. “É uma ação do Governo do Estado que vem suprir a demanda da população, que passa a contar com mais um aeroporto com funcionamento à noite, além de Patos”, disse. Ele destacou, ainda, que o sistema de balizamento noturno do Aeroporto de Cajazeiras é um dos mais modernos, com energia solar. “Esse esforço do Governo do Estado conta com ações de várias secretarias, a exemplo da Infraestrutura e Recursos Hídricos, e também da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado, a Suplan”, completou.

Aeroporto – O Aeroporto Pedro Vieira Moreira, localizado em Cajazeiras, tem capacidade para o pouso de voos com até 100 passageiros.

Inaugurado pelo governador Ricardo Coutinho em novembro de 2016, o equipamento recebeu terraplenagem em cortes e aterros, desmonte de rochas, pavimentação asfáltica da pista de pouso e decolagem, sinalização, sistema de drenagem, com investimentos de R$ 5,2 milhões com recursos próprios atendendo a demanda de uma população de 180 mil habitantes da região, formada por 15 municípios.

Leave a Reply

Your email address will not be published.