Um artista plástico brasiliense realizou duas intervenções artísticas em placas de sinalização da Esplanada dos Ministérios. Neste domingo (15/10), ele colou dizeres em vinil e papel cartão sobre a base de letreiros que indicavam o Congresso Nacional e o Museu da República.

As frases “Formação de quadrilha”, “Corrupção ativa” e “O grande acordo nacional” estão em frente à sede do Legislativo. A mensagem “A arte é o que resiste. Censura nunca mais!” ilustra a frente do Museu.

 

Esplanada
O artista afirma que não pretende retirar sua arte do local. Por se tratar de uma colagem, a intervenção pode ser rapidamente removida. A base grudada sobre a placa é de papel com vinil marrom e branco para as letras.

Para ele, o mais importante é suscitar o debate livre, sem ideias rasas. Para muitas pessoas, a Esplanada dos Ministérios é um local de trânsito diário e a intenção é captar os transeuntes e propor uma reflexão.

metropoles

Leave a Reply

Your email address will not be published.