Baseado na experiência exitosa do município de Sobral, no Ceará, que tem a maior nota do país no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), com nota 9,1 nos anos iniciais do Ensino Fundamental, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, firmou, na tarde desta quarta-feira (12), um acordo de cooperação entre a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e o Programa Educação Pra Valer. O objetivo é a realização de uma parceria pedagógica para ampliar os resultados do programa Geração Alfabetizada, realizado pela Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), da Capital. O programa visa melhorar os índices da educação na Capital a partir da alfabetização das crianças na idade certa.

De acordo com o prefeito Luciano Cartaxo, mais do que transformar a estrutura de todas as escolas do município, montar a maior rede de creches, ampliando de 4 mil para 13 mil vagas, e implantar um novo padrão na educação, a gestão busca novas ferramentas para garantir o avanço nos resultados alcançados. “Sabemos que é preciso ter ousadia para não ficar na zona de conforto com os resultados já alcançados e podermos avançar para chegarmos ao que planejamos para a Capital”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

 

 

 

 

 

 

Segundo ele, em reuniões com a equipe da educação e o coordenador executivo do Programa Educação Pra Valer, o ex-prefeito de Sobral, José Clodoveu de Arruda Coelho Neto, foi possível observar que o projeto se aproxima do que já vem sendo executado na Capital através do programa Geração Alfabetizada e que esta parceria terá a capacidade de ampliar os horizontes do projeto de alfabetização na Capital. “Vou acompanhar de perto o programa porque acredito na educação e no potencial dos nossos profissionais para fazer este projeto pensando no futuro das nossas crianças”, disse.

Durante a solenidade de assinatura do termo, que aconteceu no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), Clodoveu de Arruda explicou que o Projeto Educação Pra Valer, que é coordenado pela Associação Bem Comum, com apoio da Fundação Lemann, viu em João Pessoa um potencial de professores capacitados, uma equipe técnica de qualidade dentro das unidades de ensino, avanços na educação, e que poderá elevar os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Em João Pessoa, a nota do último Ideb dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) foi de 4,9 enquanto a meta era 4,6.

 

 

 

 

 

 

A assessoria pedagógica da Associação irá realizar formação com os professores dos 2º e 5º anos do Ensino Fundamental I, além do acompanhamento das avaliações. São 166 professores do 2º ano e 157 do 5º ano que já tiveram uma primeira formação e ainda terão mais duas durante o ano letivo. O Educar Pra Valer envia todo o material didático que será usado nas salas de aula, além de, durante a formação, orientar os professores de como trabalhar com esses cadernos de atividades no dia a dia. Ele explicou que o trabalho se baseia na avaliação, estabelecimento de metas, formação dos profissionais e monitoramento colaborativo.

“Luciano Cartaxo é um gestor comprometido com a educação e demonstrou interesse em executar o programa em João Pessoa para ampliar o trabalho que ele já vem desenvolvendo aqui. A gente se anima de compartilhar nossa experiência que já deu grandes resultados em Sobral com outros municípios que já realizam ações importantes na área, como é o caso de João Pessoa, porque sabemos do terreno fértil que temos aqui pela liderança de Luciano. Se a gente não alfabetizar as crianças na idade certa, este será um problema que será levado para os demais anos, prejudicando a educação destas crianças”, explicou.

A secretária de Educação e Cultura da Capital, Edilma da Costa Freire, afirmou que o Programa Educação pra Valer tem uma proposta diferenciada que, quando aplicada à Capital paraibana, respeitará a realidade local e se somará aos investimentos da atual gestão. “Nós teremos capacidade de avançar ainda mais unindo esforços, experiências e a expertise que Clodoveu trará juntamente com sua equipe para João Pessoa. Trabalhamos com toda a dedicação para garantir que João Pessoa seja a primeira Capital do Nordeste com 100% das crianças alfabetizadas na idade certa”, disse

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Send this to a friend