A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou oficialmente a Campanha da Fraternidade (CF) nesta Quarta-feira de Cinzas (6/3). Com o tema “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça – (Is 1,27)”, a campanha chama atenção dos cristãos para ações e programas que devem garantir os direitos humanos. O evento contou com a participação da procuradora-geral da República, Raquel Dodge.
Segundo a CNBB, o texto-base da CF chama a atenção para o fato de que falar de “Políticas Públicas” não é falar de “política” ou de “eleições”, mas significa se referir a um conjunto de ações a serem implementadas pelos gestores públicos. O bispo auxiliar e secretário-geral, Dom Leonardo Steiner, leu a mensagem enviada pelo Papa Francisco para a campanha no Brasil.
“Todas as pessoas e instituições devem se sentir protagonistas das iniciativas e ações que promovam o conjunto das condições de vida social que permitem aos indivíduos, famílias e associações alcançar mais plena e facilmente a própria perfeição”, diz a mensagem vinda do Vaticano.
O tema da campanha foi escolhido há mais de dois anos, entre 80 sugestões. “Sabemos que as políticas são responsabilidade de Estado e governos”, ressaltou. “Queremos dar nossa contribuição com a nossa reflexão. A sociedade brasileira está necessitada de diálogo e de paz”, disse Dom Leonardo Steiner.
A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) abre oficialmente na quarta-feira de cinzas, 6/3, a Campanha da Fraternidade (CF) 2019 com o tema “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27). O lançamento acontecerá na sede provisória da entidade em Brasília (DF).
Todos os anos, a CNBB apresenta a CF como caminho de conversão quaresmal. “É uma atividade ampla de evangelização que pretende ajudar os cristãos e pessoas de boa vontade a vivenciarem a fraternidade em compromissos concretos, provocando, ao mesmo tempo, a renovação da vida da Igreja e a transformação da sociedade, a partir de temas específicos”, informa a conferência.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Send this to a friend