Com seis meses de atividade nesta nova legislatura, eleita em 2018, a Câmara dos Deputados registrou um custo de ao menos R$ 69,5 milhões aos cofres públicos com a cota parlamentar. Os número, contudo, ainda podem mudar. Isso porque congressistas têm até 90 dias para registrar as despesas na Casa. Em uma legislatura na qual houve 47,3% de renovação, os novatos estão no topo da lista dos mais gastadores. Até o momento, o deputado Cássio Andrade (PSB-BA) foi o que mais gastou da cota parlamentar, com R$ 242.981,79. Ainda entre os dez está o paraibano Wellington Roberto com um gasto que chega a quase a 226 mil reais.  O mais econômico foi do DF, Paula Belmonte (Cidadania), com apenas R$ 201,88 registrados até agora.

 

 

METROPOLES

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Send this to a friend