Em nota, advogados que fazem a defesa da prefeita de Mamanguape Eunice Pessoa (PSB) afirmou que vai recorrer da decisão em primeira instância do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) pela cassação de seu mandato.

Prefeita de Mamanguape recorrerá ao TRE da sentença de cassação de seu mandatoEntenda

A comarca eleitoral da cidade de Mamanguape, Litoral Norte, cassou o mandato da prefeita da cidade, Eunice Pessoa, nesta terça-feira (17). A deliberação da Justiça Eleitoral é para que aconteçam novas eleições. Porém, como foi uma decisão tomada em primeira instância, ainda cabe recurso.

Tanto a prefeita quanto a vice prefeita, Baby Helenita, foram condenadas com a punição de cassação de seus diplomas. Ainda foi determinada a inelegibilidade durante oito anos das envolvidas no caso. Além disso, foi aplicada multa no valor de R$ 53.205,00 para cada uma das representadas.

A promotora Ismânia do Nascimento Rodrigues Pessoa Nóbrega, que é filha da prefeita de Mamanguape, também foi punida na ação eleitoral. Ela é suspeita de ter comprado votos durante a campanha para ajudar a eleger sua mãe.

De acordo com o cartório eleitoral da 7ª Zona Eleitoral a decisão deve ser publicada na íntegra ainda nesta terça (17) no Diário Oficial da Justiça Eleitoral.

Maria Eunice do Nascimento Pessoa, do PSB, foi eleita prefeita de Mamanguape no ano de 2016 ao conquistar 12.859 votos, representando 52,70% do total.

Leave a Reply

Your email address will not be published.