O tema da redação deste ano segue a tendência das últimas edições do Enem, abordando temas sociais. No ano passado, o tema foi Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil. Violência contra a mulher, publicidade infantil, lei seca e movimento imigratório também foram abordados nos últimos anos.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) surpreendeu professores que trabalharam na preparação dos alunos. Na prova que foi aplicada neste domingo (5), os candidatos deverão falar sobre ‘os desafios para formação e educacional de surdos no Brasil’.

A informação foi divulgada agora há pouco pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em sua conta no Twitter.

o tema deste ano vai representar uma maior visibilidade sobre os desafios na educação de surdos do Brasil. A avaliação é da professora de pedagogia bilíngue do Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines) Patrícia Rezende. Para ela, o tema da redação é considerado “impactante”.

“Este tema vai representar uma maior visibilidade sobre os desafios da educação de surdos neste país. Pois trata-se de um assunto polêmico porque sofremos uma política que não condiz com a qualidade de ensino para surdos. Precisamos de uma política linguística urgente neste país”, avaliou Patrícia, que também foi diretora de políticas educacionais da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis).

Neste domingo(5) foi o primeiro dia de prova e também terá provas de linguagens e ciências humanas. Os candidatos tiveram cinco horas e 30 minutos para concluir a prova. O exame começou a ser aplicado às 13h30, no horário de Brasília, para cerca de 6,7 milhões de candidatos em todo o país.

Leave a Reply

Your email address will not be published.