A água só corre para o mar e, neste momento, a das praias de Cabedelo se encaminha para o reservado ambiente de Vitor Hugo.

O que significa as meias palavras pronunciadas acima. Bem, tem a ver com a decisão da juíza Teresa Cristina de Lyra Pereira Veloso.

Em caráter liminar, a magistrada suspendeu a resolução que elegeu Geusa Ribeiro presidente da Câmara Municipal da cidade.

Com isso, Vitor Hugo pode dormir em berço esplendido que não será sacado da Prefeitura. Pelo menos, neste momento.

Resta a Geusa recorrer, um direito que lhe assiste.

Leave a Reply

Your email address will not be published.