Política

EM SÃO BENTO: Grupos políticos antecipam pleito e começam a trocar farpas

Chegando próximo as eleições municipais, a cidade de São Bento, no Sertão Paraibano, promete ter um cenário político com bastante acirramento entre dois importantes nomes da política local; o Deputado estadual Galego Souza e o atual prefeito Dr. Jarques Lúcio.

Nas redes sociais, o gestor e o atual deputado estadual, Galego Souza (PP), trocaram farpas. O prefeito Jarques indagou o deputado sobre uma grande quantia em dinheiro, que foi retirada das contas do município, valor esse, que seria destinado a construção e conclusão de uma das maiores obras da capital mundial das redes, o Hospital de São Bento.

O valor que teria sido retirado da conta do hospital seria mais de R$ 2 milhões de reais.

Por outro lado, em sua defesa, Galego Souza negou a informação e disse desconhecer o fato citado pelo prefeito.

Em sua replica, o médico Jarques Lúcio chamou o parlamentar para comparecer ao Banco do Brasil, nesta quarta-feira (29), e confrontar as informações, provando a retirada ilegal do dinheiro do hospital.

Durante uma entrevista em um programa radiofônico, em São Bento, Galego Souza reafirmou que não sabia da retirada do dinheiro da conta do hospital. O mesmo disse que o ex-secretário de finanças do município, na gestão de Gemilton Souza, Aurino Soares, seria o responsável pelo saque do valor. Vale ressaltar que a conta fora aberta à época para receber os recursos da construção do hospital em questão, e, a retirada destes recursos é ilegal. Independente da finalidade.

Hospital Regional de São Bento, está localizado na PB-293, que liga os municípios de São Bento à Paulista. A obra teve início no ano de 2001.Com cerca de cem leitos, o hospital atenderia a população de São Bento, e cidades circunvizinhas. O certo é que o hospital não saiu do papel e a população sofre pois poderia estar contando, desde o ano 2001, com esse aparelho de saúde que serviria para salvar vidas. Uma parte do dinheiro da obra deste hospital simplesmente sumiu.

Por outro lado :

O grupo oposicionista da cidade de São Bento, no Sertão paraibano, rebateu as acusações feitas pelo prefeito da cidade, Jarques Lúcio, que em ano eleitoral e com supostas intenções de tentar ludibriar a população, foi à imprensa tecer inverdades sobre recursos destinados a construção do Hospital Regional de São Bento.

De acordo com os integrantes da oposição, Jarques estaria tentando tirar o foco para a falta de obras na cidade, seu descompromisso com a Saúde e ineficiência da gestão, criando um factoide e atacando aquele que mais fez pela cidade, o deputado estadual Galego Souza.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar