Uma boa notícia para as famílias de crianças com TEA: Agora é lei, os estabelecimentos públicos deveram inserir nas placas preferenciais de estabelecimentos como bancos, farmácias, mercados e restaurantes, o Símbolo Mundial do Autismo.

 

Esse atendimento prioritário, que já acontece para idosos, gestantes, pessoas com crianças de colo, deficientes e indivíduos com mobilidade reduzida, agora passa a valer também para as pessoas com autismo.

Lei 11.090/2018 de autoria do Deputado Estadual e pré-candidato a Deputado Federal, Bruno Cunha Lima, que defende a causa na ALPB e trata como prioridade o tema dentro do seu projeto político.

De acordo com Bruno “irei visitar o Ministério Público, tratarei sobre o assunto com o Vereador e secretário do PROCON Municipal de João Pessoa, Helton Rene para fiscalizar os estabelecimentos e que seja cumprido a lei, também irei visitar entidades de indústrias e do comércio, essa demanda fortalece essa luta que tenho defendido na Casa Epitácio Pessoa” comentou

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é classificado em 3 graus atualmente: autismo leve, autismo moderado, autismo severo. Nos dias atuais, a comunidade médica observa o autismo com maior complexidade, com múltiplas etiologias com graus variáveis.

Leave a Reply

Your email address will not be published.