Esportes

Ex-técnico de Corinthians, São Paulo e seleção, Vadão morre aos 63 anos

O ex-treinador da Seleção Brasileira feminina Oswaldo Fumeiro Alvarez, conhecido popularmente por Vadão, morreu nesta segunda-feira vítima de complicações de um câncer no fígado. Ele tinha 63 anos. O treinador descobriu a doença ainda em dezembro e vinha realizando tratamento desde o início de 2020, quando passou por sessões de quimioterapia.

Vadão precisou ser internado na UTI do hospital Albert Einstein, em São Paulo, no último dia 12 de maio, mas o quadro já era grave. Além do tumor no aparelho digestivo do treinador, o fígado também foi afetado.

O ex-treinador deixa a esposa Ana Alvarez e dois filhos, Adriano e Carolina Alvares. O velório e sepultamento, restrito aos familiares, será em Monte Azul Paulista, sua terra natal.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar