Os poderes Executivo e Legislativo chegaram nesta terça-feira (11) a um acordo sobre a sessão de quarta-feira (12) que vai analisar vetos presidenciais aos R$ 42,6 bilhões do orçamento de 2020.

O relator do orçamento, deputado Domingos Neto (PSD-CE), disse ao Congresso em Foco que vai ser derrubado o veto ao caput – parte principal- do artigo, que dá aos congressistas poder na escolha da destinação das verbas. Ou seja, o Congresso manterá o poder na escolha das emendas em detrimento do governo.

No entanto, vão ser mantidos os vetos de Jair Bolsonaro ao restante dos parágrafos relacionados. Desta forma, o governo não precisará encaminhar o dinheiro no prazo de 90 dias, algo que estava previsto no orçamento aprovado no final de 2019.

O deputado cearense participou nesta terça-feira de reunião com o ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, e os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Send this to a friend