As exportações superaram as importações nas duas primeiras semanas de setembro, o que deixou um saldo positivo de US$ 1,376 bilhão no período. Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) .

O saldo positivo do período foi formado pela diferença entre exportações de US$ 4,560 bilhões e importações de US$ 3,184 bilhões. No ano, as exportações já chegam a US$ 150,502 bilhões e as importações, a US$ 101,021 bilhões, com saldo positivo de US$ 49,482 bilhões.

Nas exportações, houve crescimento de 21,2% na comparação da média das vendas externas até a segunda semana de setembro deste ano (US$ 912 milhões) com a média de setembro de 2016 (US$ 752,4 milhões).

De três grandes grupos de produtos, dois apresentaram aumento de vendas no período. Os produtos básicos cresceram 28,7% nas duas primeiras semanas do mês por conta, principalmente, de soja em grãos, milho em grãos, minério de cobre, minério de ferro e carnes bovina, suína e de frango.

Venda de aviões

Os manufaturados cresceram na mesma proporção que os básicos e registraram avanço de 28,7%. Os principais produtos foram aviões, óxidos e hidróxidos de alumínio, automóveis de passageiros, motores e turbinas para aviação, torneiras, válvulas e partes.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Mdic

Leave a Reply

Your email address will not be published.