Após mais de dois meses da explosão do PB-1, o líder da Okaida foi preso pela Polícia Federal (PF) na manhã deste sábado (17) em uma operação que também teve o apoio da Polícia Militar da Paraíba e de Alagoas. Conhecido como ‘Fatoka’, Flávio de Lima Monteiro é suspeito de comandar a facção no município de Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa.

A operação teve como objetivo a repressão a atuação de facções criminosas e aconteceu após a informação que o fugitivo estava passando o feriado em Alagoas. Fatoka estava foragido desde 09 de setembro na unidade prisional do PB-1 e foi encontrado com documentos falsos.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.