Entretenimento

Repercussão: Gusttavo Lima diz que não fará mais lives: “Não farei para ser censurado”; Filho de Bolsonaro retuíta “não se influencie por vagabundos“

A última live de Gusttavo Lima no YouTube, em tempos de quarentena, por conta do novo coronavírus, tem dado o que falar. Depois do Conar – Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária – abrir representação ética contra as lives do sertanejo, ele fez um desabafo nas redes sociais, e anunciou o fim das apresentações.

“Acho que o grande segredo da live é tirar o lençol do fantasma. Acho que uma live engessada e politicamente correta não tem graça”, começou o sertanejo. “O bom são as brincadeiras, a vontade, levar alegria alto astral para as pessoas que estão agoniadas nesse momento. Não farei live pra ser censurado”, disparou o cantor.

Pouco antes ele já havia respondido a um internauta, que pediu que ele fizesse a “live 3”. “Acho que não rola mais, enfim… Nos encontramos em breve”, afirmou Gusttavo.

 

Twitter de Eduardo Bolsonaro

 

Na oportunidade, Filho de Bolsonaro,o deputado federal Eduardo Bolsonaro, deu uma retuitado dando um conselho para Gustavo Lima em  : ” Um conselho, não seja  influenciado pela opinião de quem só quer te destruir. Pense nas pessoas que tem ajudado, no seu público gigante e não se influencie por vagabundos, o Brasil está com você, esperamos mais lives com ansiedade

 

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar