O candidato do PSB ao Governo do Estado, João Azevêdo, e o governador Ricardo Coutinho comandaram, neste sábado (22), a segunda parte da Caravana do Trabalho pelo Cariri paraibano. A comitiva socialista percorreu o anel do Cariri, e passou por Zabelê, São Sebastião do Umbuzeiro, São João do Tigre, Camalaú, Congo, Caraúbas, São Domingos do Cariri, Cabaceiras, Boqueirão, Caturité e terminou com um comício em Queimadas. João destacou as obras da atual gestão na região, assumiu compromissos e agradeceu as recepções por todas as cidades.

Após a largada em Zabelê, a caravana chegou em São Sebastião do Umbuzeiro, onde João e Ricardo foram saudados pela população. Para João, é possível avançar ainda mais na Paraíba e ele oferece essa possibilidade. “Estou aqui representando um projeto que melhorou a Paraíba. Podem dizer que o Cariri vai seguir tendo o cuidado de nosso governo. Não descansarei nenhum minuto da minha vida, para fazer a Paraíba seguir avançando”, afirmou João. “No dia 7 de outubro a Paraíba vai optar pelo trabalho e pela independência”, completou.

Em São João do Tigre, João salientou o caráter republicano da gestão do PSB, e destacou a obra do anel do Cariri, com mais de 200 quilômetros de estradas. “Nosso governo tem a capacidade de fazer a grande obra, mas também atender as demandas das pequenas comunidades”, lembrou o socialista. Na cidade, João projetou o resultado da eleição: “São João do Tigre vai dar exemplo de como se vota para o Cariri. Vamos dar uma lapada de votos no 40 aqui”.

Na quarta parada da comitiva, em Camalaú, João falou sobre a importância do Orçamento Democrático para as ações otimizadas do Governo do Estado. Conforme o socialista, chegar nas regiões do estado e notar a recepção do povo é a concretização de que a mensagem do projeto do PSB se consolidou. “Tenho certeza que no dia 7 vocês vão cravar o 40 nas urnas. Os prêmios que recebemos é um reconhecimento à forma de governar de Ricardo, e é isso que vamos continuar”, declarou João.

No Congo, João revelou uma ligação pessoal com o município, quando na juventude visitava a região para tomar banho no Rabo do Pavão e almoçar em restaurantes tradicionais, acompanhado por um grande amigo nativo da cidade. Ele também destacou que o “Congo é o centro do mundo”, já que agora existem estradas para todos os cantos do estado. “Isso foi obra de muito trabalho. Foi ação de um projeto que entendeu que deveria incluir esta cidade numa rota de desenvolvimento. Ver a felicidade das pessoas usando uma obra é o que chamo de salário moral. Com água e estrada, na nova fase vamos levar mais desenvolvimento ao Congo”, disse João.

Na região de Caraúbas, foi a vez de João ressaltar que a Paraíba não pode cair em mãos erradas. Conforme João, uma chapa tem um candidato que não fez nada pelo estado em três mandatos, e a outra nem diz a que veio, sendo alçado a candidato apenas por ser irmão gêmeo do prefeito de João Pessoa. “Tudo que foi construído não pode ficar pelo caminho. Não podemos permitir que o legado de Ricardo caia em mãos erradas”, declarou o socialista. Para João, uma chapa representa as oligarquias e outra o atraso.

As políticas públicas de inclusão e a obra do anel do Cariri foram destacadas por João durante a passagem por São Domingos do Cariri. “Que bom que pudemos fazer o trajeto da caravana pela maior obra que essa região já viu, que é o anel do Cariri. Essa obra que trouxe desenvolvimento, avanços e melhorias para essa região. Vamos fazer mais do que já foi feito até agora, é isso que estamos propondo aqui. Vamos dar o salto sobre o grande salto”, disse. “A nova Paraíba é mais justa e inclusiva”, completou, citando o olhar especial de Ricardo com políticas de inclusão para indígenas, negros, mulheres e LGBTs.

A oitava parada da caravana foi Cabaceiras. Na cidade, João garantiu a construção da estrada que leva a Boa Vista. E foi além: construirá mais 50 escolas de tempo integral no estado a partir de fevereiro do próximo ano. “O Cariri alaranjou. Essa será a vitória não de uma pessoa, mas de um projeto que tem compromisso com a Paraíba. O Cariri que antes não tinha sequer presença dos governantes, recebeu dois dias de caravana, para vocês entenderem a importância da região”, afirmou João. Para ele, a nova Paraíba precisa de mais um ciclo de melhorias, para a partir daí andar sozinha, mesmo que alguns não queiram.

“Uma demonstração clara de apoio ao projeto do PSB”. Foi assim que João definiu sua recepção em Boqueirão. Conforme o socialista, a nova Paraíba foi construída com muito suor pelo maior governador da história da Paraíba – Ricardo Coutinho. “A presença do governo está em cada canto”, ressaltou. Na oportunidade, ele ainda lembrou o imbróglio – travado com opositores – para liberação das águas do açude no ano passado. “Fico imensamente satifesito de ver um mar de gente desse mostrando que vai votar no 40”, disse. “Vamos dar uma lapada de votos na política antiga”, encerrou.

Na décima parada da comitiva, em Caturité, atendendo um pedido do prefeito, João se comprometeu em viabilizar o mais rápido possível uma adutora para o município. “Vamos seguir fazendo parcerias. A força e a determinação do trabalho de Ricardo é o que trazemos como marca e objetivo”, destacou João.

Comício em Queimadas

Após percorrer cerca de 220 quilômetros, a Caravana do Trabalho chegou em Queimadas, onde aconteceu um comício. João destacou a parceria com Ricardo, desde 2005 na Prefeitura de João Pessoa, e reafirmou que é uma honra herdar o fronte desse projeto que revolucionou a Paraíba.

“Começamos a fazer uma gestão correta, contando o dinheiro, e ver agora o que avançamos e o que foi possível fazer pela Paraíba, nos dá uma satisfação muito grande”, afirmou o candidato socialista.

“Os compromissos assumidos conosco, não só na gestão de Ricardo mas na próxima gestão do PSB a partir de 1º de janeiro de 2019, serão cumpridos”, disse João; em seguida anunciou a construção de estradas para formar o Anel Metropolitano de Campina Grande.

A efetividade da gestão do PSB é “fruto de trabalho, de gestão e de comprometimento com o correto”, de acordo com João.

“A nova Paraíba é muito novinha, ela ainda precisa que cuidemos dela muito mais. Para que a gente não volte a má fase ou para as mãos de gente errada. Política se faz com respeito ao povo. Se essa é a missão que me cabe, governar esse estado a partir de janeiro, estou pronto. Mas preciso do voto de vocês”, finalizou João.

Durante toda a caravana estiveram acompanhando João os candidatos a deputado federal Gervásio Maia (PSB), Efraim Filho (DEM), Hugo Motta (PRB), Lídia Moura (PMN) e Fabrini Brito (Avante); e os candidatos a deputado estadual Estela (PSB), Adriano Galdino (PSB), Doutor Romualdo (PSB), Carlos Batinga (PTB), Doda de Tião (PTB) e Sidnei Oliveira (PT); além do presidente estadual do PSB e suplente de senador Edvaldo Rosas.

Leave a Reply

Your email address will not be published.