O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, anunciou, nesta segunda-feira (22), o aumento salarial para os professores da rede municipal de ensino em 6,81%. O valor é, em média, 30% acima do Piso Nacional da Educação. O reajuste, que passa a valer de forma integral retroativo ao dia primeiro de janeiro, foi definido durante reunião do prefeito Luciano Cartaxo e auxiliares com a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de João Pessoa (Sintem). A medida integra o plano de valorização do magistério, impactando de forma direta na qualidade do ensino.

“A gente só pode falar em uma cidade melhor, quando a educação aponta para o futuro de uma geração. Essa é uma transformação que começa na sala de aula, com escolas em novo padrão, ampliação do ensino em tempo integral, concurso público para os profissionais da rede, além de professores motivados. Mais do que um compromisso, essa tem sido uma prioridade de gestão”, explicou o prefeito.

O valor pago pelo município, no regime de 30h e no início de carreira, é de R$ 2.353,02. Já os professores com mestrado e doutorado recebem salários até três vezes maior do que o Piso Nacional de Salários. No caso de professores com doutorado, por exemplo, a Prefeitura de João Pessoa paga salários até 324% superior ao Piso Nacional, chegando a R$ 7.826,60.

Maior rede de creches – A capital paraibana detém a maior rede creches da Paraíba, com 52 unidades construídas e reformadas e mais de 13 mil estudantes matriculados. A partir do início do ano letivo 2018, a cidade terá 28 escolas em tempo integral, mais do que o dobro do que existia há seis anos.

“A rede municipal de ensino beneficia mais de 63 mil alunos este ano, contando com a dedicação decisiva de cerca de 4 mil professores. Reconhecê-los é uma forma de seguir avançando com um modelo de gestão inovador, que muda vidas pela educação”, disse a secretária de Educação da Capital, Edilma Freire.

Leave a Reply

Your email address will not be published.