Durante agenda de dois dias no Sertão e Vale do Piancó, a pré-candidata  deputada estadual Cida Ramos (PSB) recebeu apoio de lideranças do MST de Catingueira, Diamante, Patos e Aparecida.

Neste sábado (14), Cida participou de um encontro que reuniu mais de 400 pessoas da cidade de Aparecida e região, onde as lideranças definiram apoio ao nome de Cida Ramos como uma pré-candidata que corresponde e representa as demandas dos movimentos sociais.

Paulo Sérgio, assentado da comunidade Brigada Juazeiro, em Catingueiras, afirmou que Cida se constitui como uma pré-candidata que defende a reforma agrária, que luta pelos mais pobres e que entende as necessidades do MST. “Essas eleições serão definitivas para o futuro do nosso movimento. O Governo Ricardo Coutinho olhou para nós, nos deu perspectivas e oportunidades. Temos que defender a continuidade desse projeto. Cida sempre esteve conosco nas lutas, nos ajudou quando nossa ocupação foi ameaçada, sempre foi uma parceira, uma pessoa de dentro do MST, que abraçou a nossa luta. Cida tem propostas, tem projetos, e ela representa um mandato dos movimentos sociais”, explicou.

Cida Ramos destacou que a Paraíba vive um momento de ascensão de desenvolvimento e que não há espaço para regressão. “João Azevêdo é o melhor nome para dar continuidade ao processo de desenvolvimento que a nossa Paraíba vive. Chegamos a um determinado momento em que não há como retroceder”, afirmou.

A pré-candidata também destacou sua trajetória nos movimentos sociais e o papel que pretende exercer enquanto chegando à Assembleia Legislativa: “Eu tenho
certeza que a política é arte de dar oportunidades, possibilidades, não sou candidata de mim mesma. Uma das coisas que sinto orgulho é dizer que sou candidata do MST, o
MST é luta, é essa força que resiste no Brasil hoje. Eu quero ser deputada não para me esconder do povo. Deputada tem que estar no meio do povo, na luta do povo, junto com
o povo”, concluiu.

Leave a Reply

Your email address will not be published.