OS GUEDES: A Justiça Eleitoral cassou, nesta segunda-feira (18), o mandato do prefeito de Barra de São Miguel, João Batista. Os gestor é acusado de ter utilizado, durante a campanha eleitoral de 2016, veículos da administração municipal para transportar eleitores, além de distribuir camisetas de cor vermelha, característica da campanha, e de bebidas em seu comitê eleitoral.

As ações do então candidato configuram a prática ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico e político. A ação foi proposta pela coligação “A Força do Povo”.

Além de terem os mandatos cassados, o prefeito e vice-prefeito ainda verão pagar uma multa do valor de R$ 10 mil cada. Decisão ainda cabe recurso.

 

About The Author

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.