Uma nota, divulgada nas redes sociais nesta quinta-feira (11) e assinada por vários integrantes do PSB de Guarabira, praticamente sacramentou o rompimento do partido e da ala girassol com o presidente da Câmara Municipal, vereador Marcelo Bandeira. (Veja cópia da nota no final da matéria)
No primeiro item da nota, os integrantes do PSB local assinalam: “As posições do vereador (referindo-se a Marcelo Bandeira) são isoladas, não contemplando o sentimento coletivo, visto que jamais foram apresentadas em nossas frequentes reuniões e divergem totalmente da realidade”.
No final do documento, por exemplo, os integrantes do PSB guarabirense são ainda mais duros com o vereador Marcelo Bandeira, dizendo: “Os girassóis não se deixarão abater pelas investidas daqueles que, incessantemente, querem destruir nosso agrupamento.
Em seguida, a nota, que é direcionada ao presidente da Câmara Municipal de Guarabira, cita o termo falsidade: “seguiremos firmes e obstinados com esse projeto coletivo, maior e mais forte do que qualquer interesse pessoal, até mesmo de quem, falsamente, se anuncie integrante dele”.
A nota foi lida na tribuna da Câmara Municipal na sessão desta quinta-feira (11) pelo líder do bloco governista, vereador Tiago Tributino (Tiago do Mutirão). Na ocasião, o vereador Marcelo Bandeira, que presidia os trabalhos, ora ria do teor do documento e noutros momentos se posicionava com extrema seriedade.
Marcelo Bandeira ainda não se pronunciou, publicamente, sobre a nota. Espera-se que nos próximos dias o presidente da Câmara Municipal de Guarabira venha expressar sua opinião acerca do que pensa, a seu respeito, os dirigentes do PSB guarabirense.
Veja nota
 

 

 

 

 

 
Fato a Fato

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Send this to a friend