O Partido Verde deu início, nesta sexta-feira (10), em João Pessoa, ao planejamento para as eleições 2020 na Paraíba. Durante encontro do Diretório Estadual, o PV fez um balanço da atual conjuntura política, anunciou candidatura própria na Capital e informou que vai criar comissões de filiação e para elaboração de programa de governo. A sigla também irá começar a rodada de diálogo com partidos aliados.

Presidente estadual do PV, o prefeito Luciano Cartaxo afirmou que este é o primeiro passo para o processo eleitoral em 2020. “O partido larga na frente ao avançar com o debate em torno do novo modelo de gestão por resultados que foi implantado em João Pessoa. Como o próprio PV Nacional já havia anunciado, a capital paraibana será prioridade no país, apresentando uma candidatura forte e competitiva para vencer as eleições deste ano”, disse. O gestor disse que o aprofundamento sobre o nome para a disputa será feito em novos encontros, levando em conta o diálogo com partidos que integram a base aliada.

Luciano Cartaxo reforçou que o nome para a disputa eleitoral terá compromisso em continuar as ações que desde 2013 têm feito a Capital paraibana avançar. “Passamos 2019 focados na gestão, no dia a dia da cidade e nas ações que têm melhorado a vida da população. João Pessoa é uma cidade que tem conseguido dar passos largos. Quem assumir a prefeitura vai encontrar uma gestão com dinheiro em caixa e diversas obras estruturantes em andamento. É por isso que o PV terá candidato próprio na eleição: porque tem competência e compromisso para dar continuidade aos trabalhos e fazer João Pessoa avançar ainda mais. Por tudo isso, temos convicção e confiança que o PV faz o sucessor na Prefeitura de João Pessoa”.

A perspectiva é de que novos integrantes sejam filiados nos próximos meses, fortalecendo a presença do partido em João Pessoa. “Estamos fazendo o bom debate, avaliando cenários e traçando o planejamento para as eleições deste ano”, disse o presidente do diretório municipal de João Pessoa, Lucélio Cartaxo. Ele reafirmou que o compromisso é com a apresentação de uma base programática clara, que dê sequência, com novos avanços, ao modelo de gestão implantado na capital nos últimos sete anos.

*Proporcionais* – O partido fez uma avaliação das mudanças nas regras eleitorais para o pleito deste ano, que prevê o fim das coligações para as eleições proporcionais. A intenção é formar uma chapa com nomes competitivos para a Câmara Municipal, ampliando a presença e a participação do PV no debate sobre sustentabilidade e inclusão social.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Send this to a friend