Segundo dados do CDC (Center of Deseases Control and Prevention), órgão ligado ao governo dos Estados Unidos, revela que uma criança a cada 100 nascem com o Transtorno do Espectro Autista (TEA),  no Brasil existem dois milhões de autistas, e o que torna a questão mais grave é o preconceito e a falta de tratamento adequado. Com esse aumento o Deputado Estadual, Raniery Paulino, participou  na tarde desta quinta-feira (26)  da 3ª audiência ordinária para discutir e definir planejamento de ações que melhorem o tratamento de quem sofre com o Transtorno do Espectro Autismo (TEA) em uma das salas do Centro Cultural Ariano Suassuna do TCE.

Raniery, é membro da Frente Parlamentar Mista em Defesa das Pessoas com Autismo (FPMDPA), durante a reunião o parlamentar sugeriu uma  audiência com a bancada federal. “Podemos solicitar uma audiência com a nossa bancada federal. Eu, pessoalmente, já tive algumas conversas informais sobre o tema com alguns deputados federais, como Hugo Mota e Wilson Filho e também com o senador José Maranhão. E eles foram muito receptivos”, frissou.

Na oportunidade, o Vereador Tibério Limeira e Raniery Paulino, voltaram a defender uma clínica-escola voltada para as crianças com autismo. Eles se propuseram, inclusive, a colocar emendas para uma possível implantação de uma unidade na Capital ou em outra cidade do Estado.

 

A reunião contou com vários membros que defendem  FPMDPA, vereadores Tibério Limeira (PSB) e Bruno Farias (PPS);  representantes da Defensoria Pública do Estado; Ordem dos Advogados do Brasil (seccional Paraíba); dos Amigos do Autista (AMA), projeto ligado ao Instituto Brenda Pinheiro em Campina Grande; além da Associação dos Delegados da Polícia Federal.

Durante o encontro, os integrantes da Frente Parlamentar ainda debateram e propuseram a possibilidade de realizar uma campanha de conscientização em todo o Estado sobre a questão do autismo e a convocação, por parte do TCE, para que os gestores públicos municipais entendam a importância de se engajar nessa causa social.

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.