Não é concorrido como o de Olinda, Recife e Salvador, mas não passa em brancas nuvens – pelo contrário, em João Pessoa, o reinado de Momo viceja na cultura popular, com escolas de samba, tribos indígenas, clubes de orquestra, ursos e batucadas. É o Carnaval Tradição, realizado pela prefeitura da cidade e antecedido pelo Folia de Rua e pelo charmoso baile Vermelho e Branco, do Esporte Clube Cabo Branco(ECCB). O clube se mantém fiel ao estilo, mas não tem medo de ousar: este ano, o baile contará com a irreverência da banda baiana É o Tchan, que terá abertura de Ramon Schnayder, Orquestra Beleza Pura e DJ Cris L. A festa acontece no dia 8 de fevereiro, no ECCB, no bairro Miramar, a partir das 19h.

cidade e antecedido pelo Folia de Rua e pelo charmoso baile Vermelho e Branco, do Esporte Clube Cabo Branco(ECCB). O clube se mantém fiel ao estilo, mas não tem medo de ousar: este ano, o baile contará com a irreverência da banda baiana É o Tchan, que terá abertura de Ramon Schnayder, Orquestra Beleza Pura e DJ Cris L. A festa acontece no dia 8 de fevereiro, no ECCB, no bairro Miramar, a partir das 19h.

O centenário Clube Cabo Branco, um dos mais tradicionais da Paraíba, realiza bailes desde 1953. Na época, rivalizava com o baile Azul e Branco, do também renomado Clube Astréa (que já não existe mais), e era considerado um dos principais acontecimentos da sociedade pessoense. Os anos se passaram, o jeito de “brincar” carnaval mudou e o ECCB passou alguns anos sem realizar o seu famoso baile – mas voltou a fazê-lo em 2014 e, desde então, não parou mais. “Estamos preparando um evento que ficará na história do nosso clube. Com toda certeza, vamos superar os anos anteriores”, diz Gilberto Rui, presidente do ECCB.

Quando o baile surgiu, o clube ainda funcionava no bairro de Jaguaribe. Na época, houve uma reforma estatutária e o clube adotou um novo hino e novas cores. Para comemorar essa mudança, realizou o primeiro carnaval com o baile, destacando o vermelho e o branco. Era frequentado não só por sócios do clube, mas por pessoas da alta sociedade paraibana, que se divertiam entre máscaras, confete e serpentina, ao som de frevos e marchinhas.

Este ano, em sua 40ª edição, o Vermelho e Branco terá como estrela a banda É o Tchan, que segue lançando hits e fazendo shows nos principais eventos do país. Surgida nos anos 1990, a banda é sinônimo de danças coreografadas e muito gingado. Sucessos como “Segura o Tchan”, “Dança do Bumbum”, “Cordinha”, entre outros, fazem a festa por onde o grupo passa. Nomes como Beto Jamaica, Compadre Washington, Jacaré, Carla Perez, Scheila Carvalho, Sheila Mello e Débora Brasil tornaram-se inesquecíveis para o público brasileiro, com fãs de todas as idades. O Vermelho e Branco é uma parceria do Cabo Branco com a Colônia Produções.

Serviço

Baile Vermelho e Branco – com É o Tchan, Ramon Schnayder, Orquestra Beleza Pura e DJ Cris L

Local: Esporte Clube Cabo Branco

Dia: 08 de fevereiro

Horário: a partir das 19h

Valores do 1º Lote:⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Mesas (4 pessoas):

  • R$ 310,00
  • R$ 280,00 (sócios)

Ingresso individual:

  • Inteira: R$ 105,00
  • Meia: R$ 55,00
  • Ingresso social: R$ 65,00 (+ dois quilos de alimentos + seguir os perfis @coloniaproducoes e @clubecabobranco no Instagram)

Vendas: Loja Constance Calçados (MAG Shopping, térreo) e secretaria do clube (das 9h às 18h, durante a semana, das 9h às 16h, no sábado)

Mais Informações: (83) 3031-5948 e 9.9996-21

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Send this to a friend