Colégio Goyases foi alvo de um ataque a tiros, nesta sexta-feira (20/10), que deixou pelo menos duas crianças mortas: João Vitor Gomes, de 12 anos, e João Pedro Calembo, de 13. Mais quatro pessoas ficaram feridas, segundo informações da Polícia Militar de Goiânia (PMGO). A instituição privada de ensino infantil e fundamental fica no bairro Riviera, na capital goiana.

Segundo a PM, o suspeito é um aluno de 14 anos, do 8º ano do colégio. Ele estava na classe desde o início da manhã e efetuou múltiplos disparos contra os colegas por volta das 11h50, ao término de uma aula. Nenhum professor ou funcionário da escola foi ferido.

O adolescente foi apreendido 20 minutos depois e já encaminhado para a delegacia. Há informações dos colegas de turma de que ele sofria bullying pelo mau cheiro. Ele usou uma pistola .40, de propriedade do pai, que é coronel da PM.

O socorro foi chamado por uma professora por volta das 12h. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) confirmou as duas mortes. Segundo os Bombeiros, os feridos são: Isadora, Marcela, Lara e Hyago Marques. Três deles, em estado grave, foram transportados de helicóptero para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) e receberam atendimento médico. Uma das adolescentes se encontra sedada e intubada.

 

Reprodução/Google Street ViewPin this!

REPRODUÇÃO/GOOGLE STREET VIEW

Um helicóptero da Polícia Militar e diversas viaturas estão no Colégio Goyases. No Twitter, usuários registram a movimentação na rua da escola.

Leave a Reply

Your email address will not be published.