Em entrevista à Rádio Local, o Senador José Maranhão contestou a tese defendida por setores da mídia empenhada com o prefeito de que o MDB é obrigada  a votar em Luciano Cartaxo para governador nas próximas eleições . “Não existe isso, cada eleição é uma eleição, se existe um débito, quem está em débito conosco é Luciano Cartaxo, porque nós apoiamos Luciano na última candidatura, e eu o apoiei também como meu candidato a vice-governador”, pontuou Maranhão.

Ainda na entrevista, o senador emedebista disse que foi traído por Cartaxo nas eleições de 2014, quando se elegeu senador. “Quando eu fui candidato a senador, numa aliança com ele e o seu partido na época, eles abandonaram minha candidatura sem dar uma satisfação e se aliaram ao governador Ricardo Coutinho. O pior é que só fiquei sabendo pela televisão”, lembrou Maranhão.

“Faça a demissão”

Questionado sobre a participação do MDB na gestão de Luciano Cartaxo, o senador José Maranhão voltou a colocar os cargos que o partido ocupa na Prefeitura de João Pessoa à disposição do prefeito, e afirmou que a legenda emedebista não é ouvida.

“O prefeito tem toda a liberdade para demitir os cargos do MDB. Uma coisa que precisa ficar claro é que participar de um governo não é só ter um cargo, é participar da política do governo e isso o MDB não está participando. Se o governo Luciano Cartaxo está incomodado com os cargos do MDB, é simples, faça a demissão”, disparou o senador, acrescentando que sua pré-candidatura a governador já é ponto pacifico dentro do partido.

 

Paraiba Ja

Leave a Reply

Your email address will not be published.