Acontece nesta terça-feira (29) a partir das 15hs na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), uma Audiência Pública para debater a obrigatoriedade da realização de inspeção predial periódica em edifícios da capital. A discussão surge a partir de uma propositura do mandato do Vereador Tibério Limeira que já protocolou projeto de lei na CMJP e agora convoca a sociedade pessoense para discutir o projeto, seu funcionamento e implicações.

A sessão contará com a palestra do engenheiro e professor Eduardo Teixeira, consultor técnico especializado em laudos técnicos e autor de diversos Laudos de Avaliação, Vistoria, Inspeção, Perícia, Defesas Técnicas, Assistência Judicial e Administrativa no campo da gestão pública.
De acordo com Eduardo Teixeira, o debate é fundamental para qualquer cidade de médio e grande porte, afinal, segundo ele, trata-se de uma questão de segurança das estruturas prediais, além disso ele afirma que estas inspeções já são uma realidade em diversas cidades brasileiras e que é uma medida necessária para evitar problemas em médio e longo prazo.

“Uma lei de inspeções visando a segurança dos prédios de João Pessoa é nada mais nada menos do que prezar pela segurança dos prédios, sejam eles públicos ou privados. Várias cidades do Brasil já possuem uma lei regulamentada que obriga a inspeção predial, pois é como um carro que não passa pela manutenção, a tendência é ter problemas no futuro”, explica o engenheiro.

O Vereador Tibério Limeira segue na mesma linha e explica que a proposta essencial da sessão especial, é discutir junto com a população, Ministério Público, e conselhos regionais de engenharia e também de arquitetura, além de outras entidades interessadas no tema, a regulamentação das inspeções prediais periódicas em João Pessoa como uma medida antes de mais nada, para a segurança.

“É fundamental que tenhamos esse cuidado e precaução, quando tratamos destas inspeções, o mais importante é que elas sejam compreendidas como medidas preventivas que podem em muitos casos evitar tragédias e efetivamente salvar vidas”, analisa o vereador.

Leave a Reply

Your email address will not be published.