O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), comentou os novos trechos da delação da ex-secretária de Administração do Estado, Livânia Farias, que cita seis deputados estaduais e dois federias no âmbito da Operação Calvário.

Galdino saiu em defesa dos colegas de parlamento e afirmou que a delação por si só não é prova é que acredita na inocência dos citados. “Delação por si só não é prova. Acredito na justiça paraibana e acredito também na inocência dos deputados que foram citados pela delação”, disse.

Edmilson Soares, Tião Gomes, Branco Mendes, Genival Matias e Lindolfo Pires, além de Arthurzinho, suplente de deputado estadual e filho do conselheiro Arthur Cunha Lima, este último afastado durante a 7ª fase da Operação Calvário, a Juízo Final, foram citados pela ex-secretária. Além deles o deputado federal Efraim Filho também foi citado.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Send this to a friend