Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) realizou, na tarde desta terça-feira (28), uma sessão especial para celebrar o ‘Dia do Bancário’. O evento, que aconteceu no plenário da Casa, foi proposto pela Comissão de Políticas Públicas (CPP) da Câmara, para debater a luta da categoria por direitos. O vereador Humberto Pontes (Avante) secretariou os trabalhos.

O presidente da CPP, vereador Marcos Henriques (PT), destacou em seu discurso a necessidade dos bancários fazerem uma reflexão sobre seu futuro, principalmente em momento decisivo para luta pelos direitos da categoria. “Vamos fazer um esforço para melhorar as condições dos clientes no atendimento bancário e de todos os trabalhadores que hoje exercem sua funções e constante rotina de extrema tensão”, disse.

O parlamentar revelou que conseguiu aprovar na CMJP, e já foi sancionado pelo prefeito, o Código do Consumidor Bancário, que reúne as leis sobre o assunto e também acrescenta normas de atendimento em instituições bancárias localizadas no Município. Ele pediu apoio da categoria para realizar um trabalho de efetivação da norma na cidade.

28.08.18_SE_Dia_do_Bancário_ft_Jsantos 029

A presidente da Associação dos Economiários Aposentados e Pensionistas da Paraíba (AEA-PB), Teresinha Leandro, falou que a categoria precisa estar empresa luta constante por melhorias para a classe. Já o representante da Central Única dos Trabalhadores na Paraíba (CUT-PB) Gilberto Paulino enfatizou a perda de direitos sofridas pelos trabalhadores do Brasil. “Nem na época da ditadura os trabalhadores sofreram tão drástica perda de direitos. Agora querem destruir nossa aposentadoria. Precisamos continuar a luta para garantir direitos conquistados”, ensejou.

O presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba, Marcelo Alves, recebeu uma placa em homenagem à sua contribuição à frente do órgão que defende a categoria. Ele fez uma breve narrativa sobre as lutas dos bancários no Brasil e sobre as negociações salariais que acontecem este ano. “Em nome do sindicato, e de toda categoria, quero ressaltar a importância desse momento. Nossos direitos conquistados estão em jogo. Continuamos lutando e resistindo por tudo e por todos e nenhum direito a menos”.

28.08.18_SE_Dia_do_Bancário_ft_Jsantos 073

O presidente da Federação dos Trabalhadores dos Ramo Financeiro no Nordeste (Fetrafi/NE), Lindonjhonson Almeida, falou da satisfação em ser bancário e comentou que a reforma trabalhista está destruindo direitos garantidos através de grandes lutas travadas em todo país. “Vamos continuar a garantir nossos direitos através de luta constante da nossa categoria”.

Momento histórico

A data de comemoração da classe bancária é uma homenagem a um momento histórico importante para a categoria no país. No dia 28 de agosto de 1951, o Sindicato de Bancários de São Paulo entrou em greve após receber uma proposta de reajuste salarial insignificante do governo. A insistência e força dos profissionais daquela época, se tornou um exemplo para toda a classe. Por isso, o dia 28 de agosto é lembrado como o Dia dos Bancários em todo o Brasil.

Leave a Reply

Your email address will not be published.