A primeira vez no Sistema Master de Comunicação, na tarde desta quinta-feira (15), o deputado estadual Júnior Araújo (AVANTE), concedeu entrevista ao programa Agora Master apresentado por David Maia, que é exibido de segunda a sexta-feira no Sistema Master de Comunicação.

Durante a entrevista, o parlamentar e líder do G11, falou sobre o relacionamento do G11 com o Governo estadual; Sobre duplicação da BR 230; e também  falou sobre eleições 2020 em Cajazeiras.

Junior começou  a entrevista ressaltando a importância da duplicação da BR 230. O deputado explicou que a BR-230 é a rodovia mais importante do Estado e discutir medidas em prol de sua duplicação no trecho de Campina Grande a Cajazeiras é de extrema relevância

“É uma obra estruturante que trará benefícios para praticamente os 223 municípios da Paraíba. Esta obra tem que começar em Cajazeiras e ir até Campina Grande. Vamos mobilizar a bancada federal para que possam levantar esse debate lá no Congresso”, argumentou.

Já sobre as eleições de 2020 que se aproxima, o líder do G11, falou sobre o nome do deputado Jeová Campos (PSB) para uma possível candidatura a prefeito de Cajazeiras.

“Não tenho dúvida de que seria um grande prefeito, e há alguns quadros que nós temos que considerar, pra ser candidato da oposição em Cajazeiras. Não tenho qualquer dificuldade nisso, não tenho nenhuma dificuldade em apoiar o deputado Jeová. Porém, isso não cabe a uma decisão individual minha. Nós temos outras forças, uma bancada de vereador na Câmara Municipal de Cajazeiras e de lideranças. E essa discussão é pra que eu possa manter a minha coerência, tenho dito isso constantemente e que não é uma decisão de cima para baixo”, afirmou.

Em uma entrevista com bastante conteúdo, Junior ainda falou sobre do apoio do grupo à Edvaldo Rosas. “Ele terá sim o apoio dos 11 e que em breve estaremos… E a gente sabe da rotina de quem articula politicamente ações do Governo, especialmente dentro da Assembleia. Edvaldo faz isso há muito tempo, é um articulador nato. eu não tenho dúvida que haverá essa harmonia entre o Poder Executivo e o Poder Legislativo. Será dado continuidade com a ascensão do secretário Edvaldo Rosas, assim como Nonato já vinha fazendo, com todos os deputados da base de sustentação do governador João Azevêdo”.

Sobre a reunião com Rosas, o deputado disse que “não há uma data especifica para isso. Inclusive ontem (14), em conversa com o líder do governo, eu levantava a importância da gente estreitar cada vez mais esse diálogo entre o G11 e o Governo do Estado. Não tem a data certa, mas não teremos nenhuma dificuldade pata sentar e dialogar”, explicou.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Send this to a friend