A prefeita Eunice Pessoa recebeu na manhã dessa sexta-feira (16), em seu gabinete na “Casa do Imperador”, sede da Prefeitura, o diretor geral do Hospital Geral de Mamanguape, Reginaldo Lota e o gerente assistencial Fábio Ricardo, em visita técnica ao município, sendo a 10ª cidade a receber a comitiva, que percorre a região do Vale. O encontro contou com a participação do secretário municipal da Saúde, Antônio Neto Máximo e o adjunto Rafael Aires.

Na pauta da reunião tratada com os gestores municipais, o alinhamento de estratégias para um fluxo mais eficaz dos serviços de saúde na unidade hospitalar e na atenção básica por meio de parcerias estabelecidas. As visitas do HGM aos 11 municípios do Vale fazem parte da política de humanização da unidade, que busca conhecer os contextos populacionais de cada uma dessas localidades. A ação é o fortalecimento da política SUS, somando esforços pela qualificação dos instrumentos de promoção à saúde aos quase 160 mil habitantes dessa região.

O diretor do hospital Reginaldo Lota falou da importância dos encontros por se tratar do município sede no desenvolvimento de ações na busca de qualidade do atendimento.   “Esses encontros são importantes, e nesse caso, ainda tem um fator especial, pois ocorre onde nossa unidade está sediada. Essa é uma iniciativa essencial, pois sabemos que uma gestão unida, integrada, reflete numa assistência de excelência, promovendo saúde para população”, acrescentou Lota.

O secretário da Saúde Antônio Neto destacou o trabalho de educação junto à comunidade, através da Atenção Básica de Saúde, que contribuiu na triagem da procura aos serviços ofertados, com diminuição significativa no número de atendimentos no HGM no ano de 2017. “O Ministério da Saúde preconiza que 80% dos atendimentos consigam dar resolutividade ao problema apresentado pelo paciente. Sendo assim, nossa meta é identificar quais UBS´s estejam com dificuldades nesse cumprimento, e trabalhar a capacitação dos profissionais para melhorar os atendimentos”, disse.

Segundo informações da assessoria do HGM, o município de Mamanguape representa 60% da demanda de atendimentos no HGM, e 32% das internações. Esses dados nortearam o debate sobre o fortalecimento da política SUS para os munícipes da rainha do vale. “Esse é o início para chegarmos a um entendimento para melhora na assistência aos mamanguapenses. Sendo este o propósito, nós estamos de portas abertas para o Hospital Geral de Mamanguape, e felizes por fazer parte disso”, comentou a prefeita Eunice.

Leave a Reply

Your email address will not be published.