Pesquisa de preços em livrarias de material escolar realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP), em João Pessoa, encontrou uma diferença de até 525% nos preços de alguns produtos. Por conta disto, o secretário da pasta, Helton Renê, alerta ao consumidor fazer um orçamento em mais de um estabelecimento.

A maior variação encontrada pelos fiscais do Procon-JP foi a do apontador simples Molin, cujo preço variou em 525%, custando entre R$ 0,40 e R$ 2,50, uma diferença de R$ 2,10. Item indispensável na lista de material escolar, o caderno apresentou preços variados, custando de R$ 30, um modelo capa dura de 240 folhas e 12 matérias (marca Tilibra) até R$ 14,90 e o mesmo produto foi ainda encontrado ao preço de R$ 44,90.

O secretário Helton Renê explica que esta pesquisa, se comparada com a anterior, realizada no início de dezembro, mostra que os preços sofrerem elevação e que a diferença de valores para o mesmo produto é muito significativa. “Em um momento de muitos gastos como ocorrem nos meses de dezembro e janeiro, é importante economizar cada centavo que se puder. A nossa pesquisa mostra ao consumidor onde comprar mais barato o material de sua preferência”, lembrou o secretário.

Outras diferenças de destaque ficaram com o caderno capa dura 200 folhas 10 matérias Tilibra, R$ 22,00, com preços entre R$ 12,90 (Paperblue – Centro) e R$ 34,90 (Atacadão dos Presentes – Centro); caneta hidrográfica conjunto com 12 Tris, R$ 21,75, com preços entre R$ 5,00 (Papel Mais – Mangabeira) e R$ 26,75 (Arco-Iris – Centro); caderno capa dura 240 folhas 12 mat. Jandaia, R$ 20,10, com preços entre R$ 19,80 (Arco-Iris – Centro) e R$ 39,90 (Atacadão dos Presentes – Centro).

Mais variações – A pesquisas registrou outras grandes variações, a exemplo da unidade da régua escolar Cristal de 30cm Maped, 459%, com preços entre R$ 1,25 (Arco-Iris – Centro) e R$ 6,99 (Atacadão dos Presentes – Centro); e da caneta esferográfica azul ponta fina, 441%, com preços entre R$ 1,20 (Paper Blue – Centro) e R$ 6,50 (Livraria Nordeste – Centro).

A pesquisa de preços do Procon-JP foi realizada entre os dias 8 e 15 de janeiro em sete estabelecimentos da Capital, levantando valores de 111 itens da lista escolar.

Leave a Reply

Your email address will not be published.