O vereador Milanez Neto (PTB) foi o quarto parlamentar a se pronunciar na tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), na sessão ordinária desta quarta-feira (10). Ele criticou a segurança no estado da Paraíba e espera que o próximo governador possa melhorar essa situação. Segundo o parlamentar, “precisamos ajudar para que a ordem seja restabelecida. Não está sendo fácil fazer a segurança pública no Estado”.

Milanez Neto afirmou que João Pessoa sempre foi conhecida por ser uma cidade com uma boa qualidade de vida, mas que está faltando o primordial: segurança pública. Ele desejou que o governador eleito, João Azevedo (PSD), possa melhorar essa situação. “Que o próximo governador possa rever o que tem sido feito na segurança pública. Que possa valorizar os policiais, acabar com o discurso de que a violência é decorrente da iluminação pública que o prefeito não colocou. O que a gente precisa saber é de soluções”, declarou.

Apartes

Os vereadores Thiago Lucena (PMN) e Carlão (DC) concordaram com o pronunciamento do líder da situação na Casa. “Criticar a política de segurança pública do nosso Estado é como chutar cachorro morto. Temos que rezar para que João Azevedo tenha uma política mais efetiva para a segurança da Paraíba”, enfatizou Thiago Lucena.

Já o líder da oposição, Leo Bezerra (PSB) e o oposicionista Humberto Pontes (Avante) discordaram das opiniões. “É preciso falar também de como o governador Ricardo Coutinho (PSB) recebeu a segurança do Estado. Não tínhamos combustíveis, viaturas, armamento nem munição. Nunca em um governo se investiu tanto em segurança pública. Precisa melhorar? Precisa, assim como o Brasil”, declarou Humberto.

Leave a Reply

Your email address will not be published.