O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Federação Paraibana (FPF) reafirmaram a parceria com o Ministério Público da Paraíba para atuarem em projetos de interesse da sociedade, principalmente, em relação à melhoria da segurança dos estádios. Representantes dos órgãos fizeram uma visita de cortesia ao procurador-geral de Justiça, na tarde desta quarta-feira (17).

Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho – acompanhado dos 1º e 2º subprocuradores-gerais de Justiça, Alcides Orlando de Moura Jansen e Valberto Cosme de Lira (interino), e do secretário-geral em exercício, Francisco Lianza Neto – recebeu em seu gabinete o presidente e o engenheiro do Crea, Antônio Carlos Aragão e Cojesu Paiva, respectivamente; o presidente da FPF, Amadeu Rodrigues, e o gerente de Segurança da CBF, Hilário Medeiros.

Portas abertas
Em seguida, os subprocuradores-gerais conduziram uma reunião com os visitantes, durante a qual foi discutida a importância da parceria e a situação dos estádios paraibanos. “As portas estão abertas e com muita alegria para recebê-los. Nem sempre conseguimos fazer tudo sozinhos e, por isso, é tão importante mantê-los como parceiros”, disse Alcides Jansen.

Valberto Lira comentou sobre o trabalho feito em parceria com os órgãos para melhorar a situação dos estádios paraibanos. “Todos os anos visitamos os estádios e todas as vezes que voltamos, encontramos alguma melhoria”, destacou.

Braço poderoso
“É muito importante termos esse braço poderoso do MPPB. Reafirmamos a parceira com o Crea para avançarmos naquilo que pode ser feito. O Crea está aberto para ser parceiros em projetos de interesse do Ministério Público e também está de portas abertas”, agradeceu Aragão, que assumiu a presidência do Crea recentemente.

O engenheiro Cojesu Paiva, que integra a Comissão Permanente de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios, lembrou uma frase conhecida que diz que “quem quer fazer acha um jeito e quem não quer arruma uma desculpa” para exemplificar que as melhorias buscadas pelos órgãos são possíveis de serem feitas.

Mais segurança nos estádios
O gerente de Segurança da CBF, Hilário Medeiros, disse que veio a João Pessoa para reforçar o entendimento da portaria que trata sobre os laudos de engenharia, exigido para os estádios de futebol, e que estava tendo a primeira oportunidade de conversar com membros do MPPB sobre isso. “Estamos acompanhando a situação dos estádios paraibanos. Estamos no caminho”, disse.

Já o presidente da FPF, Amadeu Rodrigues, disse que os dirigentes dos clubes estão começando a compreender a importância da aplicação da lei e a interferência do Ministério Público cobrando mais segurança nos estádios que comportam jogos do Campeonato Paraibano. “Já estão até elogiando o Dr. Valberto”, brincou.

Leave a Reply

Your email address will not be published.