Áreas verdes reduzem em até 5°C a temperatura dos ambientes. Atenta à qualidade de vida da população e ao patrimônio ambiental da cidade, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) deverá plantar e distribuir, até o fim do ano, mais 45 mil mudas de árvores nativas. Esta semana, os técnicos da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) estão coletando sementes de árvores matrizes para a produção de mudas que são utilizadas no plantio urbano.

As árvores plantadas no território de João Pessoa são produzidas pelos técnicos do Viveiro Municipal de Plantas Nativas. Entre as técnicas utilizadas para a produção de mudas, está a coleta de sementes, feita em árvores matrizes e georeferenciadas. São árvores de diversas cidades da Paraíba, localizadas a partir da Rede de Sementes, formada por técnicos da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), PMJP e diversas outras instituições, que atuam no reflorestamento. Com uso de mapas, os técnicos visitam propriedades rurais, áreas de preservação e parques, localizam as árvores e fazem a coleta das sementes.

Esta semana, em João Pessoa, estão sendo coletadas sementes de ipê roxo, mogno, pau rei e ipê de jardim, que é utilizado na ornamentação e paisagismo. Os técnicos também farão a coleta de sementes de saboneteira, pau formiga, jacarandá, perobinha, guapuruvu e outras, na cidade de Campina Grande.

Onde nasce o verde de João Pessoa – O secretário de Meio Ambiente, Abelardo Jurema Neto, destacou que a coleta de sementes é uma das tantas ações desenvolvidas pelos técnicos do Viveiro Municipal de Plantas Nativas. “O Viveiro é o berço das áreas verdes de João Pessoa, é onde, literalmente, nascem as nossas árvores, onde é feito o trabalho de preservação e recuperação de nosso patrimônio ambiental”, afirmou.

O plantio urbano é acompanhado pelo biólogo Carmelo Edson da Nóbrega, coordenador do Viveiro Municipal, que tem apoio dos viveiristas, responsáveis pelo preparo das mudas de árvores. Cabe à PMJP cuidar das árvores nas áreas urbanas como mata ciliar – perto dos rios -, parques, áreas de proteção permanente, praças, canteiros de ruas e avenidas, escolas, Centros de Referência em Educação Infantil (Crei) e condomínios públicos.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Send this to a friend