Implantar artes marciais nas escolas municipais de ensino fundamental I e II na cidade de João Pessoa. Foi essa a proposta apresentada, na sessão ordinária desta quarta-feira (13), pelo vereador Carlão (PSDC), em pronunciamento na tribuna do Poder Legislativo Municipal. Ele informou que a proposta, na verdade, é um projeto de indicação à Prefeitura da Capital, que já tramita na Comissão de Constituição, Justiça, Redação e Legislação Participativa (CCJRLP) da Casa.

Na proposta, Carlão defende que as escolas ofereçam, como educação física e não como grade curricular, artes marciais, a exemplo do jiu-jitsu, judô, karate, capoeira, taekwondo, kung fu e boxe, aos alunos. “O esporte é uma ferramenta de crescimento. Um instrumento de evolução de uma criança, adolescente e de um ser humano”, afirmou o parlamentar, lembrando que é oriundo das artes marciais e possui vários adeptos apaixonados pela modalidade esportiva.

Segundo ele, as artes marciais expõem uma filosofia importante, disciplina o atleta e determina algumas regras essenciais e importantes ao cidadão. “Com base nesta formação e evolução, eu resolvi elaborar e apresentar este projeto. E espero contar com o apoio de todos os parlamentares”, ressaltou Carlão, acrescentando que o esporte une pensamentos e é uma ação de cidadania. O vereador relatou que chegou ao patamar que está hoje com a ajuda do esporte e da prática das artes marciais, como o jiu-jitsu.

Apartes e homenagem

Os vereadores Leo Bezerra (PSB), líder da oposição na Casa, e Humberto Pontes (Avante) fizeram questão de apartear o tema. Segundo Leo, Carlão é um grande atleta da modalidade que incentivou vários jovens, como ele, a ingressar no esporte. “Prático até hoje. Não com tanta frequência devido a atividade política”, ressaltou o vereador. O socialista informou, inclusive, que vai propor uma Comenda Talento Esportivo a Carlão pelos relevantes serviços prestados ao jiu-jitsu pessoense, paraibano e brasileiro.

Por sua vez, Humberto destacou que Carlão sempre trouxe, em pouco tempo de mandato, ao Legislativo Municipal, assuntos pertinentes ao esporte. “Não sou um esportista, mas sou apaixonado pelo esporte”, frisou. Pontes parabenizou a humildade do parlamentar em admitir que conseguiu chegar aonde chegou por meio do esporte.

Leave a Reply

Your email address will not be published.