Após, prefeito de Cabedelo, Leto Viana (PRP), e mais 10 pessoas, entre vereadores, assessores e empresários, serem presos nessa terça-feira (3) durante operação conjunta entre a Polícia Federal e o Ministério Público da Paraíba.

Vitor Hugo (PRP) é o novo prefeito interino de Cabedelo Posse aconteceu nessa quarta-feira (4) após os vereadores suplentes tomarem posse e elegê-lo novo presidente da Câmara Municipal. Com o prefeito Leto Viana preso e o vice Flávio de Oliveira afastado do cargo pela Justiça, Victor Hugo se tornou o próximo na linha sucessória da cidade.

A posse, entretanto, deve ser judicializada, segundo o vereador José Eudes (PTB). O petebista acusa o prefeito afastado Leto, mesmo preso, de ter manipulado a decisão da Casa. Ainda segundo ele, chapa eleita representa irregularidades.

Tomaram posse hoje: Benone Bernardo (PRP), Josimar de Lima Silva (PRP), Valdi Silva Moreira (PRP), Herlon Cabral (PRP), Divino Francisco (PRP), Maria do Socorro Gomes (PRP), José Francisco Pereira (PSDB), Janderson Bizerril de Brito (PSDB), Jonas Pequeno dos Santos (PSDB) e Maria das Graças Carlos Rezende (MDB).

Entenda o caso

O prefeito de Cabedelo, Leto Viana (PRP), e mais 10 pessoas, entre vereadores, assessores e empresários, foram presas nessa terça-feira (3) durante operação conjunta entre a Polícia Federal e o Ministério Público da Paraíba. Segundo as investigações, o prefeito Leto Viana era chefe de uma organização criminosa envolvendo a Prefeitura e Câmara Municipal.

Em uma avaliação preliminar, só no ano de 2017, os cofres públicos do município tiveram um prejuízo aproximado em R$ 30 milhões, entre a contratação de servidores fantasmas, doações ilícitas de terrenos e outras operações fraudulentas.

Todos os presos passaram por audiência de custódia e tiveram as prisões preventivas mantidas pela Justiça.

Leave a Reply

Your email address will not be published.