“A todos aqueles que perguntaram, eu não vou à cerimônia de posse em 20 de janeiro”, disse Trump.

 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, informou nesta 6ª feira (8.jan.2020), por meio do Twitter, que não irá à cerimônia de posse do democrata Joe Biden, eleito presidente nas eleições de 2020.

A posse de Biden como 46º presidente dos Estados Unidos será em 20 de janeiro.

“A todos aqueles que perguntaram, eu não vou à cerimônia de posse em 20 de janeiro”, disse Trump.

 

O presidente norte-americano insiste em afirmar que não perdeu o cargo e que houve fraude e irregularidades nas eleições dos EUA. Auditores e a Justiça norte-americana, no entanto, não encontraram indícios que pudessem mudar a vitória de Biden, que obteve 306 votos no Colégio Eleitoral contra 232 do republicano.

Somente após seus apoiadores invadirem o Capitólio, sede do Congresso norte-americano, na última 4ª feira (6.jan.2020), Trump reconheceu o fim de seu

Tradicionalmente, os presidentes que deixam o cargo participam da cerimônia de posse do sucessor. Quando Trump assumiu a Casa Branca, em 20 de janeiro de 2017, Barack Obama compareceu ao evento e cumprimentou o republicano.

Historicamente, os únicos presidentes norte-americanos que faltaram à posse dos seus sucessores foram John Adams (em 1801), John Quincy Adams (em 1829) e Andrew Johnson (em 1869).

O vice-presidente Mike Pence, embora não tenha confirmado a participação, deve ir à cerimônia. Ele transmitirá o cargo para a vice-presidente eleita, Kamala Harris.

Poder 360