Com articulação de Helton Renê e Durval Ferreira Governo do Estado reedita decreto de isolamento na PB

Após articulação dos vereadores pessoenses Helton Renê e Durval Ferreira, o Governo do Estado reeditou o decreto que estendia o isolamento social para o dia 31 de maio. No artigo segundo do decreto constava a proibição acerca da realização de cultos e cerimônias religiosas, o que causou certa polêmica.

Segundo os vereadores, que são evangélicos, pessoas mal intencionadas estavam se aproveitando do decreto para causar terrorismo na comunidade cristã, falando que o texto também valia para as cerimônias online.

“A reedição não era necessária do ponto de vista do Direito, até por que o governador já havia se manifestado que a proibição não afetaria os cultos online. A edição aconteceu apenas como na formalidade para evitar qualquer tipo de pressão em cima da comunidade evangélica”, explicou Helton Renê.

Os parlamentares pleitearam a alteração e de forma simples e rápida o Governo do Estado atendeu à solicitação.

O vereador Helton Renê ainda postou em seu perfil no Instagram a mudança, informada pelo secretário de Comunicação Nonato Bandeira, antes mesmo da publicação do decreto. Confira: