Instituto do Consumidor estuda possibilidade de entrar com ação contra a vaquejada frustrada na Grande João Pessoa

 

Vários consumidores que se sentiram lesados por conta de uma vaquejada realizada no último dia 20 na grande João Pessoa, o Instituto do Consumidor foi acionado por nossa equipe para dar explicações quanto ao fato e o que os consumidores podem esperar sobre seus Direitos.

De acordo com os relatos de diversos consumidores, o evento, além de não cumprirem com a publicidade em relação a apresentação de Bandas, deixou a desejar na qualidade dos serviço e segurança, o que gerou insatisfação ao público presente.


Segundo o Presidente  de Honra do IC+, Helton Renê , serão feitas algumas abordagens junto aos consumidores que procuraram o Instituto e logo que apuradas as informações, serão deliberadas as possibilidades jurídicas que poderão ser tomadas, não descartando ações para que se devolva o dinheiro do ingresso ou até mesmo uma Ação Civil Publica, tendo em vista o impacto que isso causou junto à sociedade consumerista.


“Nosso intuito é trazer a segurança junto aos consumidores e se for o caso, irmos até à esfera judicial para tal, até porque já temos vasta coleção de dados que corroboram para uma ação mais contundente. O consumidor merece respeito.” Finaliza.


De acordo com o Jurista, havia ainda relatos de consumidores que percorreram quase 5 km de distância , por erro de logística dos organizadores, enquanto outros tiveram seus carros roubados. Houve também relatos de consumidores que se queimaram com os fogos de artifícios que utilizaram em uma apresentação de uma Banda.


O Instituto pede ainda aos consumidores que forneçam mais dados como Fotos e vídeos dos acontecimentos para que se fortaleça ainda mais o material que poderá ser utilizado na Justiça.