João Almeida diz que retorna a presidência municipal do Solidariedade nesta segunda e denuncia perseguição da PMJP a servidores

 

O vereador e pré-candidato a prefeito de João Pessoa em entrevista no Programa a Hora da verdade na 1001 Notícias FM – 87.9 no sábado, 29 de agosto, afirmou que nesta segunda-feira (31), será reconduzido a presidência municipal do Solidariedade em João Pessoa, depois de uma conversa com o presidente estadual Manual Junior.

Na entrevista, o vereador denunciou que servidores ligados a sua pessoa foram demitidos pela prefeitura de João Pessoa mesmo tendo trabalhado neste mês de agosto e não receberam os seus salários, O pré-candidato do Solidariedade disse que irá levar o caso ao Ministério Público.
“Eu estou sendo procurado por vários servidores humildes da Prefeitura Municipal de João Pessoa, que segundo eles estão sendo perseguidos, coagidos, pressionados para que manifestem a sua opção eleitoral”, desabafa João Almeida, que diz não acreditar que tais fatos sejam verdade.
O parlamentar acrescenta que se for verificada a veracidade da denúncia, todos os vereadores de João Pessoa estão convocados a denunciar “mais que um crime”, “um ato de desumanidade”. “Devido a estarmos passando por um processo de pandemia, onde pessoas perderam seus empregos”, explica o pré-candidato que destaca o fato de estarmos em período pré-eleitoral, com várias vedações.