OMS suspende teste com cloroquina em tratamento contra Covid-19

Foi anunciada nesta segunda-feira (25) por Tedros Ghebreyesus, diretor-geral pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a suspensão dos testes com hidroxicloroquina para uso em tratamentos contra o coronavírus.
A decisão aconteceu depois que a revista científica The Lancet publicou um estudo sobre os riscos do medicamento.

A pesquisa publicada na revista científica testou o medicamento em 96 mil pacientes e concluiu que o uso da droga pode estar relacionado ao aumento no risco de morte por problemas cardíacos, como arritmia.

Segundo a cientista-chefe da OMS, Soumya Swaminathan, afirmou que a organização optou pela “cautela” ao suspender os testes. “Queremos usar o remédio. Mas se for seguro”, disse. De acordo com Soumya, o resultado da revisão deve ser anunciado em uma ou duas semanas.

Entretanto, na segunda-feira (20) contrariando as autoridades de saúde do Brasil e do mundo, o Ministério da Saúde divulgou um protocolo para uso da cloroquina e hidroxicloroquina em pacientes com coronavírus, inclusive os com sintomas leves.

Débora Costa