Prefeito de CG antecipa feriados e anuncia “paralisação” da cidade por cinco dias

 

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), anunciou na tarde desta segunda-feira (25) medidas mais duras da gestão municipal para combater o avanço do coronavírus na cidade.

Em transmissão ao vivo realizada em suas redes sociais, o prefeito informou que a partir do próximo sábado (30), até a quarta-feira (3), a Prefeitura de Campina Grande vai suspender o funcionamento do transporte público e restringir a abertura do comércio.

Com essa decisão, funcionarão apenas os serviços considerados essenciais, como farmácias e supermercados.

Conforme Romero, as medidas tem como base a antecipação de três feriados. São eles os de Corpus Christi (11 de junho), São João (24 de junho) e Dia de Finados (2 de novembro), que foram antecipados para os dias 1, 2 e 3 de junho.

Ainda segundo o prefeito, o funcionamento das feiras da cidade também será interrompido nesse período.

O objetivo, segundo ele, é diminuir a curva de contaminação e o crescimento dos casos na cidade, além de reduzir a demanda nos serviços de saúde.

Na ocasião, Romero também informou uma nova mudança no calendário das escolas municipais.

O retorno das atividades no Sistema Municipal de Ensino, até então previsto para o dia primeiro de junho, só deve ocorrer no início do mês de julho.

Já o Cadastro Único (CadÚnico), vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), também terá suas atividades presenciais suspensas, com o objetivo de evitar deslocamentos desnecessários.

Conforme boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), até ontem a cidade contava com 817 casos confirmados de Covid-19, doença provocada pelo vírus, sendo a segunda do estado em número de infectados, ficando atrás apenas da capital João Pessoa, que já soma 2.612 casos confirmados.