Paraíba

Procon-JP quer explicações da UNIMED-JP sobre prática abusiva, confira

 

View this post on Instagram

Desde cedo, venho recebendo inúmeras mensagens em meu Instagram e WhatsApp sobre suposta prática abusiva por parte da UNIMED com relação a uma consumidora. Na postagem, acompanhada de fotos, que supostamente se refere à prática, que poderá ser considerada como abusiva, de acordo com o CDC, vemos uma pessoa, que de acordo com a postagem, seria a acompanhante, e se encontrava acomodada no chão do que seria o Hospital, pois para ter o direito a alguma poltrona, deveria pagar uma taxa. Em que pese os direitos consumeristas, que habitualmente se reporta a simples reclamação por vício de produto ou serviço, os Direitos relacionados à dignidade humana devem prevalecer sobre todos os aspectos e sobre toda a forma de empreendimento. Não estou falando sobre estacionamento, não estou falando sobre preços, estou falando sobre Respeito. Mas como na era das redes as fakes news também são realidade, estaremos NOTIFICANDO a UNIMED a fim de explicar tal fato. Creio que haja uma explicação razoável à Luz do Código de Defesa do Consumidor. #EstamosAtentos #👀

A post shared by Helton Rene (@heltonrene) on

Após receber diversas mensagens em seu Instagram e WhatsApp sobre suposta prática abusiva por parte da UNIMED com relação a uma consumidora, o secretário do Procon-JP, Helton Renê,  postou em sua Plataforma Digital onde vemos uma pessoa, que de acordo com a postagem, seria a acompanhante, e se encontrava acomodada no chão do que seria o Hospital, pois para ter o direito a alguma poltrona, deveria pagar uma taxa de R$ 7,00, que essa prática poderá ser considerada como abusiva, de acordo com o CDC.

Ainda sobre a postagem, o secretário avaliou,”habitualmente se reporta a simples reclamação por vício de produto ou serviço, os Direitos relacionados à dignidade humana devem prevalecer sobre todos os aspectos e sobre toda a forma de empreendimento. Não estou falando sobre estacionamento, não estou falando sobre preços, estou falando sobre Respeito.” disse, Helton.

Helton ainda alertou,  ” Na era das redes as fakes news também são realidade, estaremos NOTIFICANDO a UNIMED a fim de explicar tal fato. Creio que haja uma explicação razoável à Luz do Código de Defesa do Consumidor”, frisou.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar