Programa Escuta Solidária realiza mais de 200 atendimentos em 30 dias na Capital

Referência entre as capitais brasileiras na atenção às crianças e aos adolescentes durante a crise provocada pelo coronavírus, o programa Escuta Solidária, da Prefeitura Municipal de João Pessoa, já recebeu mais de 200 ligações até esta sexta-feira (22), data que marcou seu primeiro mês de funcionamento. A ação prevê o atendimento aos mais de 65 mil estudantes da rede municipal de ensino com a oferta de apoio emocional e psicológico, feito por profissionais da área, neste período de isolamento social.

O trabalho, desenvolvido por 30 psicólogos, é também garantido aos pais, ampliando a rede emocional de proteção às crianças. “Criamos o Escuta Solidária com o objetivo de ajudar pais e estudantes durante esse período de isolamento. É preciso que a família esteja atenta ao comportamento das crianças dentro de casa, cujo cotidiano precisou ser alterado em razão das medidas prevenção ao coronavírus. As atividades à distância, que já mobilizam 65% da rede de ensino, contribuem para a adoção de uma nova rotina, mas precisamos ficar atentos a qualquer mudança extrema de comportamento, que pode ter o acompanhamento especializado a partir do programa”, explicou a secretária de Educação, Edilma da Costa Freire.

Entre as mais de 200 ligações do Escuta Solidária, as principais queixas relatadas pelas famílias são relacionadas à depressão, tristeza e ansiedade. De acordo com organização não governamental de defesa dos direitos da criança no mundo, a Save the Children, em pesquisa divulgada em abril, o isolamento permitiu que as famílias desfrutassem de mais tempo juntas. Ainda assim, 17% do público infantil apresentou sinais de depressão frente às novas adversidades geradas pela crise da covid-19. Nas famílias em maior situação de vulnerabilidade social, 32,3% das crianças tiveram dificuldade para dormir e 30,1% sentiram medo da doença – quase um terço a mais do que em lares de famílias com maiores condições econômicas.

Serviços – O programa Escuta Solidária atende de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h, pelo telefone 0800 281 3006.  A Prefeitura de João Pessoa dispõe de uma central de suporte psicológico gratuito para o público em geral no telefone 160, também aberto aos profissionais de saúde. A exemplo do que ocorre com a Secretaria de Educação, o serviço não é um tratamento, mas um trabalho de escuta e alívio, que ajuda as pessoas a lidarem com o momento. O atendimento é feito de domingo a domingo, das 7h às 19h. Os interessados também podem telefonar para o número 3214-3333.