Raniery Paulino, líder da oposição na ALPB, cobra respeito à imprensa paraibana: “por favor, continuem incomodando”

Raniery Paulino (MDB), defendendo a liberdade de imprensa dos jornalistas paraibanos. Líder da bancada de oposição ao Governo na ALPB, na qual o deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas) também integra, este último, autor de vários  ataques contra jornalistas e portais de notícias.

Raniery cobrou respeito aos profissionais da área e afirmou que não existe democracia consolidada com censura à imprensa.

“O trabalho da imprensa é fundamental. Só há uma democracia consolidada quando a imprensa é livre. Não podemos criar uma sensação de censura. A imprensa precisa fazer todos os questionamentos que precisam ser feitos, inclusive os mais incômodos. A imprensa livre incomoda e, por favor, continuem incomodando, pois é importante que esses questionamentos sejam feitos. O papel da imprensa e do parlamento tem que ser respeitado na sua integralidade”, defendeu.

O emedebista lamentou os ataques sofridos pela imprensa e demais instituições brasileiras e se solidarizou com a categoria, em especial aos que fazem parte aos profissionais da imprensa paraibana.

“Lamento muito qualquer ataque, seja à imprensa ou às instituições, inclusive ao parlamento. Venho aqui trazer o meu respeito e solidariedade à imprensa brasileira e paraibana. Eu tenho a escolha de mudar de canal ou não ler notícias que não me agradam, mas atacar a imprensa é inadmissível”.

Apoio ao livre exercício do jornalismo

Raniery apresentou na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), um requerimento de Moção de Apoio como forma de demostrar solidariedade aos ataques sofridos pela imprensa durante a pandemia do novo Coronavírus, causador da Covid-19.

Veja documento