Raniery Paulino pleiteia implantação da Delegacia da Polícia Federal no município de Guarabira – PB.

 

O deputado estadual Raniery Paulino manifestou através de um requerimento que será encaminha do Ministro da Justiça, André Mendonça,  no sentido de adotar medidas para implantação de uma Delegacia de Polícia Federal no município de Guarabira – PB.  O parlamentar justifica o pleito em razão da demanda no município e na região de crimes de competência federal, como tráfico de drogas e contrabando.

” O município de Guarabira foi intitulado de “Rainha do Brejo” pelo fato de ser a principal
cidade-polo da região. De tal modo, preocupa-nos sobretudo o tráfico de drogas e o crime “organizado”,
havendo a real necessidade de oferecer à população da região todos os serviços que a Polícia
Federal já tem prestado por todo o país, destacando a atuação na apuração de crimes federais,
além dos serviços administrativos.” frisou Raniery.

De acordo com o parlamentar, a Polícia Federal é responsável por inúmeras atribuições além das que
se referem especificamente à investigação de crimes contra a União, Caixa Econômica
Federal, INSS, instituições federais de ensino, Correios e demais pessoas de direito público
federais. Também, o controle de armas de fogo em poder da população, a expedição e
renovação de passaportes, o cadastro de entidades atuantes no ramo de adoção internacional
de crianças e adolescentes, o controle da segurança privada, a fiscalização sobre produtos
químicos que possam ser destinados à elaboração de drogas ilícitas, dentre várias outras
atividades.

” Assim, em decorrência da significativa demanda no município, existe, em toda a
região, um sensível comprometimento tanto na prevenção e repressão da criminalidade,
quanto na apuração de infrações penais. Dessa forma, apresentamos este pleito com intuito de  assegurar
o cumprimento de direitos constitucionalmente assegurados a população das cidades inseridas na
microrregião de Guarabira e na microrregião do Brejo Paraibano, que, juntamente com as
regiões do Curimataú ocidental e oriental, Esperança, Campina Grande, Itabaiana e Umbuzeiro,
faziam parte da Mesorregião do Agreste Paraibano precisam desse suporte” afirmou.