Em um pronunciamento oficial realizado na noite desta terça-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro foi novamente na contramão do mundo e voltou a minimizar a pandemia do coronavírus. Além disso, o chefe de estado voltou a criticar a imprensa por suposta “histeria”, ao dar parabéns aos veículos de mídia que passaram a pedir calma para a população e também utilizou novamente a palavra “gripezinha” para se referir à covid-19.

Ele ainda criticou prefeitos e governadores que decretaram quarentena, e disse que o “Brasil não pode parar” e que “não se pode abraçar o conceito de terra arrasada”. “Temos que voltar à normalidade”, afirmou Bolsonaro.

O presidente ainda disse que, por conta do seu “histórico de atleta”, não sentiria os efeitos caso tivesse pegado a doença. “Nada sentiria ou, quando muito, seria acometido por uma gripezinha ou resfriadinho”, disse o presidente.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Send this to a friend