A Prefeitura de São Paulo apresentou nesta quarta-feira (6) dois veículos 100% elétricos doados pela BYD do Brasil para a Guarda Civil Metropolitana (GCM) utilizar no patrulhamento do Parque Ibirapuera e da Praça da Sé. A empresa de origem chinesa também doou dois carregadores de energia. Um está instalado no parque e o outro na Praça Roosevelt. Mais dois veículos serão entregues no fim deste ano para GCM.

A doação dos quatro veículos, dos carregadores e da instalação totaliza cerca de R$ 1,2 milhão. Os dois carros entregues nesta quarta já estão caracterizados com a nova roupagem da GCM, com a marca “Polícia Municipal”. “Nós fizemos um estudo com base em uma decisão recente do Supremo Tribunal Federal onde o Supremo reconheceu que a guarda exerce a atividade de polícia administrativa municipal. Além disso,  nós entendemos também que sempre que a viatura se apresenta com a palavra polícia ela exerce uma informação interessante de segurança para o cidadão”, ressaltou o secretário de Justiça, Anderson Pomini.

“Nosso objetivo é permanecer em busca de inovações e avanços para a corporação e, principalmente, uma ferramenta a mais para auxiliar na segurança urbana da cidade, o que também reflete no futuro sustentável para São Paulo”, explica o secretário municipal de Segurança Urbana, José Roberto Rodrigues de Oliveira.

A doação dos veículos, um modelo BYD e5 e um modelo BYD e6, está entre aquelas que foram acertadas durante a visita do prefeito João Doria à China, em julho deste ano.

O carro elétrico, além de possuir baixa taxa de poluição e ser uma alternativa sustentável, beneficia o consumidor na medida em que diminui os gastos com a alimentação do motor e a manutenção do veículo. “A BYD considera importante estar inserida nas comunidades onde ela tem fábrica. É uma pratica comum da BYD em todo o mundo. A BYD tem projetos similares de frotas públicas para guardas e polícia na China, em Bruxelas (Bélgica) e outros países da Europa”, conta Tyler Li, presidente da BYD do Brasil.

A ação será mais uma parceria a custo zero aos cofres públicos e com inúmeros benefícios para a população. A Prefeitura ressalta a importância de parcerias com as empresas e se coloca à disposição de outros representantes da iniciativa privada que desejarem contribuir com a cidade.

A BYD

Especializada em energia limpa, a BYD foi fundada em 1995 e se tornou a maior fabricante mundial em baterias recarregáveis, sistemas estacionários e de painéis fotovoltaicos. Desde2015, aempresa se consolidou como a maior fabricante mundial de automóveis elétricos (incluindo híbridos plug-in), caminhões e ônibus elétricos. A BYD está presente em cinco continentes, 50 países e 250 cidades e têm entre seus sócios o americano Warren Buffet. Com mais de 230 mil funcionários distribuídos em 33 fábricas ao redor do globo (sendo 20 mil engenheiros pesquisadores), a chinesa BYD é a segunda maior produtora de componentes para celulares, tablets e laptops no mundo.

No Brasil, a BYD abriu sua primeira fábrica em Campinas, interior de São Paulo, em 2015, para produção de ônibus elétrico e comercialização de veículos e empilhadeiras. Em abril de 2017, aBYD Energy do Brasil inaugurou sua segunda unidade para produção de módulos fotovoltaicos para a geração de energia solar fotovoltaica.

Leave a Reply

Your email address will not be published.