O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) ajuizou Ação Civil Pública e pediu afastamento da cúpula da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) por ter identificado irregularidade em assembleia geral que a entidade

A assembleia geral teve participação das 27 federações estaduais que compõem a CBF e serviu como espaço para debater um novo estatuto para a entidade. Uma das modificações foi a criação de pesos em processos eleitorais.

Segundo o novo texto do estatuto, federações têm peso três em processos eleitorais da CBF. Votos de times da Série A do Campeonato Brasileiro valem dois, e equipes da segunda divisão contam como sufrágios individuais.

 

uol

Leave a Reply

Your email address will not be published.