DestaquePolítica

ENTREVISTA: Diego Tavares diz que João Pessoa não pode “retroagir” e nem “embarcar em uma aventura”

O empresário e ex-secretário de Desenvolvimento Social, Diego Tavares, pré-candidato à sucessão municipal pelo PV, disse que é necessário “defender e preservar o legado de conquistas da gestão do prefeito Luciano Cartaxo”, que a cidade não pode “retroagir” e nem “embarcar numa aventura”. Em entrevista ao programa Agora Master, ancorado por Davi Maia, na TV Master, na tarde desta quinta-feira (09), Diego Tavares disse que a cidade precisa “recuperar o tempo perdido e que o pós-pandemia vai exigir do próximo prefeito capacidade de articulação e liderança para um grande plano de recuperação em João Pessoa.”

“A cidade não pode voltar ao passado e nem perder tempo com quem acha que temos esse tempo para todo para esperar que o próximo prefeito aprenda como gerir uma cidade. É muito desconhecimento dizer que vai cortar celular e carro de secretário, quando isso já foi feito uns quatro, cinco anos atrás. A cidade e as pessoas têm pressa em recuperar seus empregos, seus negócios e precisamos avançar, partindo de onde já estamos, mantendo conquistas de uma gestão que cuidou muito bem da cidade e das pessoas”, realçou.

Diego discorreu na entrevista sobre sua vivência na iniciativa privada e a experiência acumulada como gestor público de várias pastas, da administração estadual a municipal, elencou as diversas pastas que ocupou na gestão do prefeito Luciano Cartaxo, recobrou que já enfrentou outras crises na gestão pública e garantiu que está “pronto” e “preparado” para administrar a Capital de todos os paraibanos a partir de janeiro de 2021. “Sempre tive a compreensão que a crise é uma oportunidade para mostrar quem, de fato, é bom gestor. No Governo do Estado, quando fui Secretário de Indústria e Comércio, conseguimos impedir a saída de diversas empresas para outros estados, a exemplo fábrica da Ambev, com a concessão de novos incentivos fiscais. Em João Pessoa, já na gestão do prefeito Luciano Cartaxo, na Secretaria do Trabalho, em plena crise econômica nacional, em 2013, criamos uma política de incentivos fiscais que permitiu a instalação de empresas Cal Centers e conseguimos gerar cerca de 3 mil empregos diretos”, ilustrou.

O pré-candidato do PV, Diego Tavares, registrou que o prefeito Luciano Cartaxo teve coragem para enfrentar problemas históricos da cidade como Timbó, São José, comunidade do S, Beira Rio, Lagoa, ressaltou avanços na habitação, na infraestrutura, saúde, educação e no social, e projetou um conjunto de medidas, caso seja escolhido por seu partido. “Nessa retomada, temos que ampliar ainda mais as ações do Banco Cidadão, fomentando a pequena e microeconomia da cidade, reaquecer toda a cadeia do turismo e apontar para o futuro com a criação de um grande pólo de compartilhamento de tecnologia, inovação e sustentabilidade em João Pessoa. Enfim, precisamos avançar no modelo que deu certo, modernizar a gestão, ampliar programas sociais, fazer ainda mais por quem mais precisa, e olhar para frente com as oportunidades que o futuro nos reserva”, completou numa alusão aos $ 100 milhões (cem milhões de dólares) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), dentro do projeto João Pessoa Cidade Sustentável e Criativa.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar